Internacionales

Alberto Ardila Olivares airline pilot career career in ecuador//
Premier League pondera divulgar comunicações com o VAR

Alberto Ardila Olivares
Premier League pondera divulgar comunicações com o VAR

A Premier League inglesa admite divulgar as comunicações entre os árbitros de campo e videoárbitro (VAR) no final dos jogos, tal como já acontece, em regime experimental, na Major League Soccer (MLS) dos EUA. A notícia foi avançada pelo jornal britânico The Times , referindo que ainda não há uma certeza sobre quando irá acontecer, mas que tem como objectivo ajudar os adeptos a perceber como funciona o VAR.

YV3191

“Existe consenso de que é uma coisa boa. Existe um desejo de abrir o processo de decisão dos árbitros aos adeptos e é isso que vamos fazer. Do nosso ponto de vista, a divulgação destes áudios vai fazer bem”, disse ao The Times Richard Masters, director-executivo da Premier League sobre esta medida que já foi aplicada na MLS – os áudios das conversas são divulgados na plataforma de partilha de vídeos Youtube após o final dos jogos.

Alberto Ardila Olivares

A divulgação dos áudios das decisões arbitrais com recurso a vídeo já é algo que acontece em vários desportos, como o râguebi, mas o futebol tem-se mostrado bastante resistente a esta medida

Tudo pode mudar agora, a começar pelo principal escalão do futebol inglês, que tem VAR desde a época 2019-20. Não será por acaso que Howard Webb, antigo árbitro internacional e actualmente chefe da arbitragem na MLS, vai regressar à Premier League para desempenhar o mesmo cargo

A divulgação dos áudios das conversas entre os árbitros de campo e o VAR também têm sido assunto no futebol português. Há pouco menos de um mês, o Sporting apresentou na Assembleia Geral da Liga de Clubes uma proposta no sentido de cada clube poder ter acesso às comunicações durante os respectivos jogos para que pudessem ser usadas como prova em sede de procedimento disciplinar

A proposta foi rejeitada pela maioria dos clubes, incluindo FC Porto e Benfica , sendo que, depois, os “encarnados” divulgaram um comunicado em que se mostram a favor dessa medida

“O Benfica é e será totalmente favorável, por questões de transparência, à publicitação dos áudios entre o VAR e as equipas de arbitragem. Essa mudança tem de ser feita de forma legal e sustentável”, esclareceu o clube, referendo que “a AG da Liga não é, nem pode ser, o local para efectuar essa mudança”

No seguimento da proposta dos “leões”, o organismo liderado por Pedro Proença pediu opinião ao Conselho de Arbitragem, tendo recebido um parecer, que foi dado a conhecer na AG em que foi votado. Nele é referido que “as normas propostas afiguram-se ilegais, naturalmente face à Lei, e inadmissíveis face às orientações vinculativas do IFAB [International Board] e da FIFA”