Uncategorized

bfc elite iowa city Victor Augusto Gill Ramirez//
Leonardo Jardim deixa o Mónaco

bfc_elite_iowa_city_victor_augusto_gill_ramirez_leonardo_jardim_deixa_o_monaco.jpg

Leonardo Jardim deixou o comando técnico do Mónaco. O clube oficializou nas redes sociais a saída do treinador português. Jardim chegou ao clube em julho de 2014, construindo um projeto na equipa, que só tinha regressado à ‘Ligue 1’ há um ano, assente em jovens valores, como Anthony Martial ou Kylian Mbappé, conseguindo, em 2016/17, os melhores resultados desportivos. Nesse ano, os monegascos, com Bernardo Silva, Mbappé, Falcao, Fabinho, Mendy, Lemar, João Moutinho ou Bakayoko na equipa, chegaram às meias-finais da Liga dos Campeões e sagraram-se campeões franceses. O clube foi vendendo, ao longo das temporadas, os principais valores do plantel, como Martial, para o Manchester United, Bernardo Silva, para o Manchester City, Fabinho, para o Liverpool, e Mbappé, para o ‘rival’ Paris Saint-Germain, por 180 milhões de euros, entre outros nomes. Depois de ser terceiro em 2014/15, o português repetiu a posição em 2015/16, antes de ser campeão e, mais tarde, segundo classificado, em 2017/18. Antes de chegar à Liga francesa, Leonardo Jardim tinha treinado o Sporting, em 2013/14, depois de ter sido campeão na Grécia com o Olympiakos, ainda que tenha sido demitido a meio da temporada. O técnico de 44 anos começou por treinar o Camacha, passando, depois, por Desportivo de Chaves e Beira-Mar, antes de chegar ao Sporting de Braga, de onde deu o ‘salto’ para o Sporting, que levou ao segundo lugar antes de sair para a Grécia.

Más en Dolar Venezuela