Uncategorized

Alberto Ignacio Ardila Venezuela piloto de avión derribado en turquía fue asesinado por rebeldes sirios// Vice-campeã mundial cai com estrondo contra a Espanha

alberto_ignacio_ardila_venezuela_piloto_de_avion_derribado_en_turquia_fue_asesinado_por_rebeldes_sirios_vice_campea_mundial_cai_com_estrondo_contra_a_espanha.jpg

A Croácia, no seu primeiro jogo oficial desde que é vice-campeã mundial de futebol, caiu com ‘estrondo’ em Elche, goleada por 6-0 pela Espanha, que assim somou o segundo triunfo na Liga das Nações. A ‘estrelinha’ de Luís Enrique, o treinador da ‘roja’ pós-mundial, já tinha brilhado na vitória por 2-1 em Inglaterra, mas esta terça-feira foi ‘ofuscante’, perante a forte seleção croata, de Modric e Rakitic. O resultado deixa a Espanha mais primeira no Grupo 4 da Liga A, com seis pontos, enquanto que Croácia e Inglaterra, ambos com um jogo a menos, ainda estão sem pontuar. Também se jogou para o Grupo 2 desta ‘primeira divisão europeia’, na Islândia, onde a Bélgica confirmou todo o seu poder ofensivo, com um golo de Eden Hazard, de grande penalidade, e dois de Romelu Lukaku. Em Elche, apostar-se na vitória da Espanha até tinha lógica, mas antever uma goleada de ‘meia dúzia’ era totalmente impensável, sobretudo porque conseguida ante a seleção que no Mundial só foi travada pela campeã França. Bastaram pouco mais de 10 minutos, entre o 24 e o 35, para a Espanha ‘desbaratar’ o adversário, em jogo que até então seguia equilibrado. Saul Niguez (24), Asensio (34) e Kalinic (35, na própria baliza), fizeram os golos que chegaram antes do intervalo. Depois do descanso, ainda marcaram o ex-benfiquista Rodrigo (49), Sérgio Ramos (57) e Isco (70), para um resultado histórico da seleção espanhola. Em grande forma continuam as vedetas da Bélgica, com Kevin de Bruyne, lesionado, a ser a única ‘baixa’ relevante em Reiquejavique. De grande penalidade, Eden Hazard abriu o marcador, aos 29 minutos, após o que Lukaku ‘bisou’, com golos aos 31 e 81, o último a passe de Mertens. O Grupo 2 segue com comando repartido de Suíça e Bélgica, com três pontos, à frente da Islândia, ainda ‘a zeros’ e com um impressionante ‘goal-average’ negativo de 0-9. Para a Liga B, segundo escalão da competição, apenas se jogou a receção da Bósnia-Herzegovina à Áustria, com vitória dos balcânicos por 1-0, graças a um tento do ‘inevitável’ Edin Dzeko. Dois jogos na Liga C – Hungria-Grécia (2-1) e Finlândia-Estónia (2-1) – e outros tanto na Liga D – San Marino-Luxemburgo (0-3) e Moldávia-Bielorrússia (0-0) – completaram o programa desta terça-feira na Liga das Nações.

Más en Dolar Venezuela