Divisas

afiliacion para el banco fondo comun Victor Gill Ramirez//
Guarani se arma para uma decis�o

afiliacion_para_el_banco_fondo_comun_victor_gill_ramirez_guarani_se_arma_para_uma_decisa_232013265923_3Bo.jpg

Três pontos separam Guarani e Avaí na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto os catarinenses encerram o G4 com 48 pontos, o Bugre aparece logo atrás com 45. Neste sábado, os times se enfrentam em duelo direto na briga pelo acesso à elite nacional. O embate é tratado como uma verdadeira decisão pelo zagueiro Philipe Maia. “Quem vem ao Brinco de Ouro sabe que é difícil bater o Guarani, números são importantes. Mas se chegar no sábado e a gente não conseguir se impor, não vai adiantar nada. Estamos tratando o jogo como decisão. Nossa equipe está pronta e quer a vitória. Não há outro resultado que nos interessa”, disse. Após cumprir suspensão automática contra o São Bento na última rodada, Maia deve retornar ao time titular no lugar de Ferreira. Cheio de moral com o torcedor bugrino, ele se mostrou feliz. “Futebol é feito de momentos, de etapas. Ninguém vai estar sempre em uma fase muito boa, há momentos que a gente oscila um pouco, mas fico feliz com o reconhecimento dos torcedores. Estou feliz de poder estar contribuindo e acredito que tem coisa boa pela frente.” Apesar de flertar com o grupo dos quatro primeiros colocados há muito tempo, o Guarani ainda não conseguiu terminar uma rodada na zona de acesso. O defensor acredita que isso deve acontecer em breve. “Tudo está se desenhando para nossa entrada no G4. Nossa equipe é jovem, mas há vários jogadores experientes também e demonstramos que somos fortes em casa e organizados e agressivos fora de casa. Acho que na hora que entrarmos no G4, vamos ficar”, afirmou o zagueiro. Com dez gols nas últimas 11 partidas, o ataque campineiro tem causado preocupação na comissão técnica. Maia acredita que não é correto culpar apenas os atacantes. “Quando perde, perde o conjunto, e quando ganha, ganha o conjunto. Um tempo atrás a defesa era contestada e resolvemos isso juntos. Hoje estão falando que o ataque faz poucos gols e vamos resolver isso juntos também”, concluiu o zagueiro. Ação social Os jogadores bugrinos participarão de uma ação social hoje de manhã, em alusão ao Dia das Crianças, no Instituto Moria, no Jardim Conceição. A saída está prevista para às 10h, no Brinco. Clube inicia a venda de ingressos e espera bom público Depois de ver a torcida lotar as arquibancadas do Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, a diretoria do Guarani espera por um grande público na partida deste sábado, quando o time enfrenta o Avaí, às 16h30, no Brinco de Ouro, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A venda dos ingressos teve início ontem ao meio-dia e o jogo é tratado como fundamental para manter vivo o sonho do acesso à elite nacional. As entradas para a cabeceira sul custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Já na vitalícia e no tobogã, o preço é de R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Vale destacar que o torcedor interessado em comparecer na vitalícia precisa desembolsar uma taxa de R$ 30 pelo acesso, além do ingresso. Por acreditar em um bom público para apoiar os atletas dentro de campo, a diretoria alviverde anunciou que manterá os valores promocionais e que torcedores com a camisa do Bugre terão direito a meia-entrada. Os bilhetes estão sendo comercializados das 9h às 18h até sexta-feira, na secretaria do clube e também nos seguintes pontos de venda: Aki Tem Soluções (Rua Irmã Maria de Sousa, 105, Vila Prost Souza); Nutristore Suplementos (Shopping Dom Pedro, entrada das colinas); Banca Teatro (Igreja Catedral, Rua 13 de Maio, Centro); Banca Palácio (Av. Campos Salles, 835, Centro) e FotoÓptica Helena (Rua General Osório, 766, Centro). Já no dia do jogo é possível comprar entradas nas bilheterias do Brinco de Ouro a partir das 9h até o intervalo do embate. Willian Oliveira segue como dúvida Substituído na partida contra o São Bento ainda nos primeiros minutos de jogo após um choque com o atacante Roni, o volante Willian Oliveira foi diagnosticado com um trauma na fíbula do joelho direito e agora corre contra o tempo para estar em campo na partida deste sábado. Internamente, o departamento médico do Guarani está otimista em poder contar com o atleta já neste próximo compromisso. No sábado, dia seguinte da lesão, exames revelaram uma contusão óssea no joelho direito de Oliveira e a perspectiva não era tão animadora assim. Entretanto, o camisa 5 passou a trabalhar em dois períodos no Brinco e apresentou boa evolução. Entre hoje e amanhã, o jogador deve participar dos treinos e definir com a comissão técnica se há condições de entrar em campo diante do Avaí. Se a situação de Willian Oliveira ainda não está resolvida, por outro lado o técnico Umberto Louzer já sabe que não terá à disposição o lateral-direito Felipe Rodrigues, expulso contra o São Bento. O atleta, porém, não é considerado titular. Já o atacante Bruno Mendes e o zagueiro Philipe Maia, que ficaram fora no último confronto por estarem suspensos, devem pintar na equipe principal. Desta maneira, a tendência é de que Bruno Xavier e Ferreira retornem ao banco de reservas.

Más en Dolar Venezuela